terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Dias e Noites, O Cotidiano




Como em qualquer introduçao, vem a ídeia. Vem o prato de entrada, aquele que no meu ponto de vista não deve ser o melhor mas sim aquele que agrada e deixa com aquela vontade sabe, um desejo, uma excitaçao da alma.
Sofro e gosto de sofrer dessa tal ansiedade, é bom estar com o coração a mil e não saber o que dizer mesmo tendo mil palavras em mente, isso faz voce entender que aquilo tem importancia, tem sentido e é isso que nos faz sentir bem agora.
Às pequenas e grandes descobertas do grandes pensadores que nunca foram divulgados, vivemos agora por isso, fazemos disso nosso prazer,inevitavel , inconfundível, só em mim e em cada um de nós.
Eu gosto das manhas de frio, de acordar e escovar os dentes ainda com o edredom sob o meu corpo, de passar pela cozinha e ver os programas de culinaria na TV.
Sinto cada gole como se fosse o único numa caneca de chocolate-quente e ainda coberto costumo me sentar ao sofá da sala, passar os canais, se atualizar nas propagandas.
[Nas épocas de natal, elas sempre são bem “familiares”, proximas ao Ano –Novo são comumente “comemorativas”, perto do carnaval, haha, essas são bem “brasileiras”, chegando na Páscoa elas não deixam a desejar no sentido “saborosas”, quase nas férias voce “viaja” só de ver as propagandas de agencias de turismo, no dia das crianças são simplesmente “felizes” e por ai vai...]
Após um lanche eu prefiro ligar o som, logo logo eu ligo o computador, geralmente isso vem seguido pelo pequeno prazer de umas 2 ou 3 xícaras de café, acompanhado ou não com um pão(de preferência pão-de-queijo) ele quase sempre é a melhor pedida da manhã.
No computador sempre preferi ver noticias fora do comum, algo que voce não iria ver nunca no Jornal Nacional, como curiosidades e noticias meio excêntricas(pra não dizer bizarras).
Nessa vida de “faz nada” eu vou logo pular pro almoço.
Um belo frango ao molho(só de falar já da fome) é a melhor comida da casa; se for para almoçar fora, coloque 1/8 do seu prato de arroz outro pouquinho de feijao e os outros 98% do prato voce preenche com carne: Picanha, Cupim, Frango Assado, Maminha, Bisteca, Bife a Milanesa, Filé, Contra-Filé ao Alho e tudo mais. Claro, como grande pecador que sou, quase me esqueci da Batata Frita(O Doce e Saboroso Veneno da Adolecência). Acompanhados de um convidativo litro e meio de coca fazem voce sentir um dos 5 maiores prazeres da vida. A Gula.
(Ah , se voce quase não sai pra almoçar fora de casa, na hora que sai tem mais é que aproveitar né ;D)
[Como se percebe, sou um grande amante da culinaria, tanto na hora de preparar como na hora de comer, pra ser sincero nos preparos ainda sou um pequeno amador, já no consumo, ah, Eu to em fase de Crescimento!]
Bem, na parte da tarde é sempre bom não ficar sem fazer nada, só se você realmente descansar e dormir por uma necessidade muito especial. Eu sempre vi que nos filmes os encontros são legais à tarde, pra você já emendar logo com a noite e se for o caso, já ir para alguma festa. Entao eu gosto de chamar alguem para sair, ir na casa de alguem, andar pela cidade com alguem, contar histórias para alguem, ouvir desabafos de alguem, marcar um cinema ou um encontro com alguem, ou ate mesmo andar sozinho as vezes pra colocar a mente no lugar.(Se tiver calor durante à tarde é sempre recomendavel ir à sorveteria)
No final da tarde é Sempre bom ver o pôr-do-sol e o surgir das estrelas.
No inicio da noite eu gosto de fazer algo especial, seja pra mim ou seja para alguem.
À noite eu durmo como qualquer ser humano normal.
[ou posso estar na porta da sua casa agora te chamando para andar pela cidade.]
São meus dias quando me sinto bem, são os dias assim que gosto de ter, são os que prefiro perceber e lembrar. São dias que não me deixam esquecer quem sou, são dias que me fazem sorrir.

Nenhum comentário: